Venha Estudar Ecologia

Loading...

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

CENTRO DE ESTUDOS TERRA BRAZILIS/CETB - Uberlândia- MG

CENTRO DE ESTUDOS TERRA BRAZILIS/CETB  - Uberlândia- MG

O CETB retorna suas atividades e convida a todos para participar dos cursos e atividades propostas para o segundo semestre de 2011

*Curso: Taxidermia de Aves
Data: 10 e 11/12/11
Horário: 8:00 às 17:00h
Local: Centro de Estudos Terra Brazilis/CETB
Valor: R$ 150,00 à vista ou 2 × R$ 80,00 (por depósito) (com almoço e certificado inclusos)

*Curso: Paisagismo e Jardinagem.
Data: 01 e 02/10/11
Horário: 8:00 às 17:00h
Local: Centro de Estudos Terra Brazilis/CETB
Valor: R$ 160,00 à vista ou 2 × R$ 85,00 (por depósito) (com almoço e certificado inclusos)
Programa:
Módulo 1. O Projeto de paisagismo.
Módulo 2. Implantação e manutenção de áreas verdes.
Módulo 3. Prática de implantação de um projeto paisagístico.

*Curso: Solos: origem, formação e características físico-químicas.
Data: 22 e 23/10/11
Horário: 8:00 às 17:00h
Local: Centro de Estudos Terra Brazilis/CETB
Valor: R$ 130,00 à vista ou 2 × R$ 70,00 (por depósito) (com almoço e certificado inclusos)
Programa: Origem e formação do solo, Características físicas do solo, Características químicas do solo, Amostragem para análise de solo, Prática de análise das características físicas e químicas do solo.

*Curso: Instalação de Viveiro e Produção de Mudas.
Data: 19 e 20/11/11
Horário: 8:00 às 17:00h
Local: Centro de Estudos Terra Brazilis/CETB
Valor: R$ 150,00 à vista ou 2 × R$ 80,00 (por depósito) (com almoço e certificado inclusos)
Programa: Viveiro para Produção de Mudas, Escolha do local para implantação de um viveiro, Planejamento de um viveiro, Estrutura e construção de um viveiro, Produção de Mudas.

*Curso: Manejo de Flora do Cerrado: Métodos de Amostragem.
Data: 03 e 04/12/11
Horário: 8:00 às 17:00h
Local: Centro de Estudos Terra Brazilis/CETB
Valor: R$ 140,00 à vista ou 2 × R$ 75,00 (por depósito) (com almoço e certificado inclusos)
Programa: Amostragem - Método da parcela de área permanente, Método da parcela simples, Método do transecto ou da linha, Método do ponto central; Coleta e herborização de material botânico.

Informações:  cetbio@terra.com.br

RESPONSÁVEL: Bióloga Ms. Neiva Beatriz Antunes
ENDEREÇO: BR 497, Rod. Udi/Prata, km 16, Condomínio Silverado, Chác 6, Uberlândia/MG
TELEFONE: (34) 9672 0221
BLOG: www.ceterrabrazilis.blogspot.com
TWITTER: www.twitter.com/cetbio
FOTOLOG: www.fotolog.com/ceterrabrazilis
ORKUT: comunicacaocetb@gmail.com
FACEBOOK: neivabeatriz@facebook.com

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Convite: Diálogos - Minas Recicla (29/09)

Incêndio destrói 80% de Parque com Espécies em Extinção

Dois parques de Minas Gerais estão queimando nesta segunda. O da Serra do Rola Moça tem a situação mais crítica

Bombeiros de Minas Gerais trabalham no combate a incêndios em dois parques do Estado - que foram  agravados pelo clima seco. O parque Serra do Rola Moça, na região de Brumadinho, Grande Belo Horizonte, já teve 150 mil metros quadrados queimados, o que representa 80% de sua área, de acordo com os bombeiros. Brumadinho é uma cidade a 52 quilômetros de Belo Horizonte. Nesta região fica o Museu de Inhotim, reduto de artes a céu aberto reconhecido mundialmente, sendo o maior do tipo na América Latina. Inhotim fica a cerca de 30 quilômetros do foco principal do incêndio e não está ameaçado.
“Os trabalhos estão sendo concentrados em conservada parte do parque onde há predominância de vegetação de Mata Atlântica e a área do Condomínio Casa Branca”, informou a assessoria de imprensa dos bombeiros, se referindo a um distrito de Brumadinho, Casa Branca. O parque do Rola Moça é o terceiro maior parque em área urbana do país e abriga alguns dos mananciais que abastecem a capital. Ele abriga espécies em extinção como onça parda, jaguatirica, lobo-guará, gato-do-mato e veado campeiro. Região tranquila e tomada pelo verde, Casa Branca possui diversas pousadas e é um local de referência para descanso. O ex-ministro de Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Patrus Ananias (PT), é um dos frequentadores da região.
De acordo com o chefe da assessoria de imprensa dos bombeiros, tenente-coronel Edgard Estevo, há chance de as chamas destruírem todo o parque. “Não vou mentir. Existe a possibilidade de destruição de todo parque, principalmente porque os ventos muitas vezes colocam o trabalho dos bombeiros em risco. Por ser uma região de mananciais, colocamos todo nosso efetivo lá, mas preciso fazer vários turnos para os homens descansarem. Eu também preciso de uma reserva de homens para outras ocorrências. Infelizmente a população precisa se conscientizar porque existe muito incêndio criminoso e, com o clima seco, a vegetação seca, as chamas se propagam muito rapidamente”, explicou.
Desde a última quinta-feira (22) bombeiros trabalham no local. Hoje são mais de 140 homens no combate às chamas, que chegaram a atingir quiosques de um clube de um condomínio de casas. Questionado se o Corpo de Bombeiros precisa de mais homens ou mais equipamentos para combater o fogo, o tenente-coronel disse que o contingente atende a demanda e a situação no Rola Moça é atípica. “O Estado não pode trabalhar com um planejamento só para o período crítico”.
Serra do Curral

O outro parque em chamas é a Serra do Curral, no bairro Mangabeiras, região Centro-Sul de Belo Horizonte, mas o incêndio está controlado e há agora apenas um foco queimando. No bairro estão a residência oficial do governador Antonio Anastasia (PSDB) e do senador Aécio Neves (PSDB).
A área queimada no parque até agora foi de 2.500 metros quadrados e um helicóptero também participa das operações. Os bombeiros não informaram o percentual de área queimada. O tenente-coronel Edgard Estevo diz que o combate ao fogo é complicado no bairro Mangabeiras por causa do relevo, que dificulta o acesso aos focos de incêndio.
Eriberto dos Anjos, do Centro de Climatologia da PUC- Minas, explicou ao iG que já são mais de três meses sem chuva em Belo Horizonte. O último registro, lembra ele, foi em 10 de junho e neste mês a chuva foi tão rápida e escassa que sequer foi registrada nas estações meteorológicas. “As queimadas ocorrem pela baixa umidade do ar, que fica mais acentuada nesta época do ano e pela ausência de chuvas. A tendência é de chover a partir do início de outubro, nos dias 2 e 3”.

Fonte: http://ultimosegundo.ig.com.br 

 

Workshop sobre Campos Rupestres

O Instituto de Observação da Terra – InOT irá realizar nos dias 05 e 06 de outubro de 2011, em Belo Horizonte (MG), o Workshop sobre Campos Rupestres.

Diante do agravamento do grau de ameaça aos campos rupestres, o evento propõe-se a realização de um debate para melhor definir esta fitofisionomia e sua relação com as vegetações de Mata Atlântica e do Cerrado.

O Workshop será realizado no Ouro Minas Palace Hotel e terá o seguinte evento "Biodiversidade, Conservação, Uso e Políticas Públicas nos Campos Rupestres".

Mais informações:

terça-feira, 16 de agosto de 2011

6º Fórum Municipal de Educação Ambiental de Ouro Preto – 19-08

A Prefeitura de Ouro Preto, através da Secretaria de Meio Ambiente (Semma), realiza o 6º Fórum Municipal de Educação Ambiental de Ouro Preto, no próximo dia 19. O evento tem como objetivo debater sobre as questões socioambientais no plano estratégico de ação da Gestão de Resíduos, proporcionando reflexões interdisciplinares.
O fórum tem como tema “Fortalecimento Regional da Gestão de Resíduos”. A cerimônia de abertura será na sexta-feira (19), às 8h30, no Centro de Artes e Convenções da Universidade Federal de Ouro Preto. Na programação, estão previstas atividades como exposições, palestras e debates.
Data: 19 de agosto – sexta-feira
Horário: das 8 às 17 hs
Local: Centro de Artes e Convenções da Ufop
As inscrições podem ser feitas pelo telefone (31) 3559-3253 ou pelo e-mail meioambiente.diretoria@yahoo.com.br. O evento é realizado pela Prefeitura de Ouro Preto, por meio da Secretaria de Meio Ambiente.
PROGRAMAÇÃO 
7h45min – Credenciamento e café de boas vindas
8h20min – Apresentação Musical
8h30min – Cerimônia de Abertura
9h – Palestra de Abertura – Panorâmica da Educação Ambiental – Maria das Graças de Melo Ferreira – Diretora de Meio Ambiente, Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Ouro Preto; Integrante do Grupo Institucional do Programa de Educação Ambiental do Município de Ouro Preto.
9h30min – Mesa Redonda – Características e Gerenciamento de Resíduos Sólidos
Mediador – Professor Danton Heleno Gameiro – Pro-Reitor Adjunto de Extensão
  • Plano de regionalização para gestão integral de resíduos sólidos urbanos e as oportunidades de aproveitamento energético de resíduos – Francisco Pinto da Fonseca, Gerente de Resíduos Sólidos Urbanos – GERUB/DGER/FEAM
  • Características dos Resíduos Sólidos, diagnóstico dos municípios de Ouro Preto, Itabirito, Mariana, Ouro Branco, Congonhas e Santa Bárbara – João Humberto Cabral Danese – Representante do CODERI;
  • Coleta Seletiva Solidária para Órgão Federais: UFOP Reduz – José Ricardo Borges – Representante da Coordenadoria de Imprensa da UFOP
11h30min – Debate
12h às 13h30min – Intervalo para almoço (livre)
13h30min – Palestra: “Alternativas de Minimização de Resíduos”
Bárbara Cristina Fechter – Bióloga especialista em gestão de resíduos sólidos e saúde pública;
14h – Palestra Casa e Vizinhança: Um Novo Olhar, Uma Nova Atitude – Pedro Augusto Lessa – Urbanista da Secretaria Municipal de Urbanismo do Rio de Janeiro.
14h40min – Café com Prosa
15h10min – Palestra “Consumo Consciente e Cidadania”
Deivison Cavalcante – Presidente da empresa de consultoria Verde Gaia;
16h – Mesa Redonda – Iniciativas Sustentáveis
Mediadora: Marislene Nogueira – Educadora Social do INSEA
  • Lei Nº. 40/2011, que institui o Programa Municipal de Coleta Seletiva em Ouro Preto; – Flávio Andrade – Vereador;
  • Cata Pilhas (Correios) – Davi Tavares – Gerente de Vendas;
  • Coleta de Óleo (Itabirito, Mariana, Ouro Preto); – Ana Paula Gomes Ferreira –  Analista de Meio Ambiente Samarco;
  • Ecoponto (Ouro Preto e Itabirito)- Ronald Carvalho Guerra – Secretario Municipal de Meio Ambiente;
  • Associação de Catadores: Rede Estrada Real – Fernando Godoy – Representante do Movimento Nacional de Catadores e Rede CATAUNIDOS.
De 8h às 17h – Exposições
  • Associações de Catadores – ACMAR, Padre Faria e Renascer;
  • Empresas – Samarco, VALE, Gerdau;
  • ASA – Fundação Aleijadinho;
  • Ecoponto.


sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Terça Ambiental


A Terça Ambiental de agosto tem como tema a a utilização de energia eólica e solar no Brasil e em Minas Gerais.
O palestrante é Alexandre Heringer, Engenheiro Civil e Mestre em Energia Solar, Gestor de Projetos em Energias Renováveis da Cemig.
O evento será realizado no dia 30 de agosto, de 19:00 às 21:00, no auditório do Senac.
Para se inscrever acesse: http://www.facebook.com/l/jAQBeptBKAQB2B3oGyQFZED57Wy8aZAE8IEraTnadn2irbA/www2.senacnet.com.br/ses/leo/formulario/index2.php?p=2
www2.senacnet.com.br

Prêmio Hugo Werneck – O Oscar da Ecologia

Prêmio Hugo Werneck – O Oscar da Ecologia
“Um homem que ignora a questão ambiental não pode ser chamado de ignorante, nem ser julgado e condenado. Essas atitudes o revoltam e o distanciam ainda mais da natureza. Melhor é chamá-lo, fraternalmente, ao bom senso.” Hugo Werneck acreditava na conscientização para mudança de atitude em relação ao meio ambiente. A Revista ECOLÓGICO também compartilha dessa filosofia e acredita que valorizar pessoas, empresas e instituições que estão nesse caminho incentiva novas ações e novas atitudes.
O PRÊMIO HUGO WERNECK DE SUSTENTABILIDADE E AMOR À NATUREZA é uma iniciativa do Grupo Ecológico com a participação institucional do Governo de Minas, Sistema Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Feam, IEF e Igam), Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad), Fiemg, Fundação Dom Cabral, Centro Hugo Werneck de Proteção à Natureza e Associação Mineira de Defesa do Ambiente (Amda).
Para participar, inscreva seu projeto ou indique iniciativas sustentáveis que merecem ser reconhecidas e premiadas. Na Lua Cheia de novembro vamos reconhecer quem merece o Oscar da Ecologia!
Inscrições até 30 de setembro. Mais informações http://www.facebook.com/l/NAQBHZ9NfAQBoolY6tHVCmM3OqzV1LsFE4zkiqG2p3aHDOA/www.premiohugowerneck.com.br

II Prêmio Hugo Werneck
www.premiohugowerneck.com.br

Revista Técnica CMRR digital

Caros ecólogos,
 
O Centro Mineiro de Referência em Resíduos - CMRR, localizado no município de Belo Horizonte, publica semestralmente, em sua revista técnica digital (Resíduos em Referência), artigos que remetam à temática de resíduos e sustentabilidade.
 
Acessem no site do CMRR as edições já publicadas (http://cmrrmg.webnode.com.br/). A próxima publicação está prevista para o período de Outubro-Dezembro. Para tanto serão analisados os artigos enviados até o final do mês de Setembro. Em anexo segue o manual para escrita dos mesmos.
 
Caso tenham interesse em divulgar estudos nessa área, favor entrar em contato: diogo.caiafa@cmrr.mg.gov.br ou (31) 3465-1204. 
 
 
Abraços e um ótimo final de semana para todos!

Diogo Caiafa Faria
Ecólogo
Técnico em Meio Ambiente com ênfase em Gestão e Negócios de Resíduos
Centro Mineiro de Referência em Resíduos - CMRR
(31)8811-7030

Pós-Graduação (Mestrado) UFAL e UFG

Olá ecoleg@s

Acabei de receber esta informação sobre o novo mestrado da UFG em Biodiversidade Vegetal (abaixo). Quem estiver pensando em fazer mestrado sugiro também que visite a página da pós-graduação da UFAL.  O mestrado é em "Diversidade Biológica e Conservação nos Trópicos". É um curso relativamente novo e me parece bastante puxado. Os alunos fazem várias disciplinas, têm bancas de avaliação continuada e ainda precisam submeter no mínimo dois artigos durante o mestrado. No entanto, desde que o curso começou SOBRAM bolsas todos os anos (este ano "perdemos" mais de 5 bolsas..... pois não tivemos candidatos aptos).  Informações no site:
http://www.icbs.ufal.br/posgraduacao/dibict_pos

Se alguém quiser conversar sobre a UFAL é só escrever para mim (anaclaudiamalhado@gmail.com)

**************************************************************

Novo curso da UFG recebe inscrições até 25 de agosto.
Estão abertas as inscrições para o Programa de Pós-Graduação em Biodiversidade Vegetal, nível Mestrado Departamento de Biologia Geral da Universidade Federal da Goiás (UFG). O programa visa propiciar aos alunos subsídios para atuarem nas diferentes áreas da Botânica, conhecerem e buscarem estratégias para a preservação da biodiversidade vegetal com ênfase ao Cerrado.
 O curso irá oferecer disciplinas atualizadas que, juntamente com outras atividades propiciarão ao discente envolver-se e atuar na docência e em projetos de pesquisa. O perfil do mestre em Biodiversidade Vegetal será de um profissional preparado para a atuação em diferentes áreas nas quais a Botânica for fundamental, principalmente no que tange ao inventário, conservação, preservação e ao uso racional dos recursos vegetais.
 O prazo para se inscrever termina no dia 25 de agosto. Mais informações podem ser obtidas nos seguintes endereços eletrônicos: www.prppg.ufg.br ou www.icb.ufg.br/biodiversidade.

Assistente do Programa Viva Marajó

O Instituto Peabiru vem divulgar a vaga em aberto para Assistente de Projeto para trabalhar no Programa Viva Marajó. O Instituto Peabiru é uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público – OSCIP com a missão de “ser uma organização que valoriza a diversidade social e ambiental; que compartilha os aprendizados como agentes do processo de Transformação social de comunidades, organizações sociais e empresas, e visa garantir a qualidade de vida e o desenvolvimento das liberdades políticas, sociais, institucionais, econômicas e culturais da Amazônia”.
 
O Programa Viva Marajó objetiva alcançar os seguintes resultados: 1) Áreas para a conservação e preservação da biodiversidade do Arquipélago do Marajó criadas e consolidadas; 2) Sociedade civil informada e fortalecida para a conservação ambiental e cultural do Marajó; 3) Cultura, patrimônio material e imaterial do Marajó protegida, valorizada e divulgada; 4) Cadeias de valor inclusivas e representativas do Marajó desenvolvidas e sustentáveis e 5) Programa Viva Marajó implementado e fortalecido em suas bases de comunicação.
 
Descrição do Cargo
 
Titulo: Assistente de Projeto
Local do trabalho: Belém com disponibilidade de viajar para a Mesorregião do Marajó
Supervisor direto: Coordenador do Programa
 
Propósito do Cargo: Colaborar em planejamento e implementação das ações envolvidas para o desenvolvimento do programa, incluindo desenvolvimento de metodologias; e contribuir com a elaboração de relatórios e com o bom funcionamento administrativo do programa.
 
Perfil profissional desejado
1)      Responsabilidades do Cargo
• Colaborar em processo de elaboração de estratégias de ação e planejamento programático;
• Contribuir na implementação das atividades do programa e no desenvolvimento de metodologias participativas;
• Elaborar regularmente relatórios de atividades e auxiliar na elaboração de relatórios de execução financeira;
• Organização e controle sobre o sistema de informações do programa (arquivamento e gerenciamento de documentos, relatórios, informações e arquivos digitais etc.);
• Colaborar na execução de todas as atividades para alcance dos objetivos do programa;
• Apoiar o Coordenador do programa em todos os aspectos requeridos.
 
2)  Conhecimentos e Habilidades
Formação: Graduação em Antropologia, Sociologia, Biologia, Engenharia Florestal, Engenharia Agronômica ou áreas afins. 
        Experiência ou formação em analise social e pesquisa;
        Experiência ou formação em área ambiental;
  • Experiência em aplicação de metodologias participativas para desenvolvimento social, monitoramento, avaliações e medição de impacto;
        Experiência em trabalho com comunidades agroextrativistas da Amazônia, e preferivelmente no Marajó;
        Experiência em processos de mobilização de organizações sociais;
        Conhecimento em informática: uso de e-mail, agenda eletrônica, programas de edição texto, planilhas eletrônicas e mensagens instantâneas;
        Capacidade de planejamento;
        Responsabilidade com prazos;
        Capacidade de trabalhar sob pressão;  
        Capacidade de trabalhar em equipe;
        Capacidade de lidar com diferentes culturas institucionais em um mesmo projeto de desenvolvimento;  
        Capacidade de elaborar documentos para divulgação e publicação sobre assuntos correlatos; 
        Capacidade de análise e reflexão;
        Bom facilitador de processos.
 
3)  Atitudes: 
  Pró-atividade; 
 Alto nível de responsabilidade;
  Inquisitivo, pesquisador, com claro enfoque em alta qualidade dos resultados concentração e atenção aos detalhes.
 
4)  Requerimentos: 
  Disponibilidade para viajar 80% do tempo. 
  Dedicação exclusiva (40h/semana)
  Carteira Nacional de Habilitação (preferencialmente AB)
 
5)  Regime de Contratação: 
        Contratação em regime CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas);
        Salário registrado em Carteira Profissional: R$2.650,00 (dois mil, seiscentos e cinquenta reais);
        Benefícios incluem: seguro saúde e seguro de vida.   
 
Para Candidatar a Vaga
 
O candidato(a) deverá enviar o currículo resumido (3 páginas no máximo) com referências profissionais e concordância com a oferta salarial descrita neste edital e uma carta de intenção, dizendo o porquê se interessa pelo cargo, e respondendo a pergunta: como acha que suas experiências profissionais podem contribuir com o desenvolvimento do trabalho?   
 
Entrega de documentos
Os interessados deverão entregar seus currículos até o dia 22 de agosto de 2011. Enviar por meio eletrônico para  hermogenes@peabiru.org.br  com o campo Assunto: Assistente de Projeto/Viva Marajó. Favor colocar somente o texto solicitado no campo “Assunto” para evitar problemas com o filtro automático. As entrevistas ocorrerão no período 25 a 30 de agosto de 2011 com a Coordenação do Programa, Coordenação Metodológica e Diretor Geral do Instituto Peabiru. A entrevista deverá ser preferencialmente presencial, podendo, no entanto, ser via outros meios de comunicação.  A contratação é imediata com previsão de  início dos trabalhos no dia 05 de setembro de 2011. 
 
Só serão aceitos documentos com todas as exigências mencionadas neste edital. 

Curso Sistemas Agroflorestais


Seleção para professor substituto - Ecologia 20h

Prezados,

peço-lhes que divulguem a abertura de edital para seleção de professor
substituto, 20 horas, para o setor de estudos de ECOLOGIA.
Atentem, em especial, para o fato de que o candidato deve ter título de
DOUTORADO, tendo em vista que irão ocupar temporariamente vaga de
professor da citada classe.

INSCRIÇÕES: 17, 18 e 19 de agosto, das 08 às 11 e das 14 às 17.
LINK PARA O EDITAL: http://www.srh.ufc.br/editais/edital2072011.pdf

Atenciosamente,


Sidney de Castro
Secretário
Departamento de Biologia
Universidade Federal do Ceará - Campus do Pici
Bloco 906 – 1º andar
CEP 60.455-760 - Fortaleza/CE
Fone: (85) 3366.9810 - Fax: (85) 3366.9806

CURSO INTRODUTÓRIO DE FALCOARIA

CURSO INTRODUTÓRIO DE FALCOARIA
 
O PROJETO PENACHOS DO SUL está promovendo uma nova turma do Curso Introdutório de Falcoaria,
desenvolvido pela empresa Hayabusa falcoaria e Consultoria Ambiental LTDA.
Este curso tem como principal objetivo ensinar a técnica da Falcoaria para uso em prol do meio ambiente. Com carga horária de 12h, o curso abordará os principais aspectos da técnica em aulas teóricas e práticas, e serão fornecidos material didático e certificado.                                 
 
  Ministrante do curso: Luiz Gustavo Trainini da Silva / Biólogo e Falcoeiro Responsável da Hayabusa Consultoria Ambiental LTDA.
  DATAS:   24/09 (manhã e tarde) e 25/09 (manhã)
  Local: Centro de Ciências Biológicas - CCB (Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC) 
  Valor: R$ 300,00 (podendo ser parcelado em 1 + 2)
  Os 5 primeiros inscritos ganham 10% de desconto! 
  Condicionado ao n° mínimo de 15 participantes

Interessados favor enviar um e-mail para o e-mail: gaviaopegamacaco@gmail.com

Inpa seleciona bolsista de pós-doutorado

Inpa seleciona bolsista de pós-doutorado
 
A duração da bolsa é de 12 meses, com possibilidade de prorrogação por mais um ano Da redação da Ascom



O Instituto Nacional de Pesquisa da Amazônia (Inpa/MCT) e a Universidade Federal do Amazonas (Ufam), por meio do Laboratório de Cultivo de Fungos Comestíveis, seleciona uma vaga para bolsista pós-doutorado para o projeto do Inpa e Ufam.



Os interessados devem entrar em contato com a pesquisadora Ceci Sales, no Laboratório de Cultivo de Fungos Comestíveis pelo e-mail ceci@inpa.gov.br.






A bolsa é financiada pela Fundação de Amparo à pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam). Dentre os requisitos solicitados estão: ter obtido o título de doutor há, no máximo, 5 (cinco) anos; estar de posse do seu diploma de doutorado. Em caso de diploma obtido em instituição estrangeira, este deverá possuir o reconhecimento de validação, conforme dispositivo legal;ter conhecimento na área de cultivo de cogumelos (cultivo em estado sólido e submerso), avaliação nutricional e bioquímica do substrato e do cogumelo, publicação na área; ser brasileiro ou possuir visto permanente no país; estar adimplente com as obrigações eleitorais.

Possuir currículo que demonstre capacitação para atuar no desenvolvimento do projeto; dedicar-se integralmente e exclusivamente às atividades do projeto; Não ter vínculo empregatício ou estatutário; não ser aposentado; ter seu currículo atualizado e disponível na Plataforma Lattes; estar apto a iniciar as atividades relativas ao projeto tão logo seja aprovada a sua candidatura.

I Simpósio Internacional de Ecologia


I Simpósio Internacional de Ecologia

Os programas de Pós-Graduação em Ecologia mais antigos do Brasil (Unicamp, Unb, São Carlos e INPA) comemoram seus 35 anos com um simpósio internacional, em São Carlos, de 23 a 26 de outubro de 2011.
Informações: http://ecologia.ib.usp.br/pos/files/I%20Simp%C3%B3sio%20Internacional%20de%20Ecologia.pdf


quarta-feira, 13 de julho de 2011

XXIII BH ITINERANTE - CURSO DE EXTENSÃO EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL - 2º SEMESTRE 2011 - CEEA-SALA VERDE - SMMA/PBH

XXIII BH ITINERANTE

CURSO DE EXTENSÃO EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL
2º SEMESTRE 2011

CENTRO DE EXTENSÃO EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL / SALA VERDE - SMMA

GERÊNCIA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL
SECRETARIA MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE
PREFEITURA DE BELO HORIZONTE
____________________________________________________________

O que é

Curso de Educação Ambiental, teórico e prático, oferecido pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMMA / PBH), com abordagens socioambientais, tendo a cidade de Belo Horizonte como espaço de ensino / aprendizagem.

Objetivo

Contribuir para a formação de Educadores Ambientais visando a promoção de ações socioambientais.


Conteúdo Programático

- Agenda 21;

- Aspectos naturais;
- Ambiente urbano;

- Redes socioambientais;
- Políticas públicas.


Metodologia

O curso desenvolve-se através da realização de aulas de campo, relatos de experiência, atividades interativas e lúdicas. Como trabalho final é proposta uma atividade prática de planejamento e realização de uma Oficina ou Travessia Urbana.

Infomações Gerais do Curso

- Vagas Cursistas: 36

- Monitores voluntários: 3
- Período: 03/08 a 14/12/2011 (4ª feiras)

- Carga Horária: 104 horas
- Horário: das 8 às 12h


Público

Cidadãos a partir de 16 anos de idade.

Processo Seletivo para Cursistas

Terão prioridade os candidatos que apresentarem certificado de participação em maior número de atividades educativas oferecidas pela Gerência de Educação Ambiental (GEEDA) da SMMA, de acordo com a seguinte ordem de importância:

- Curso de Extensão em Educação Ambiental “Educação para o Risco Socioambiental”;
- Oficinas de Educação Ambiental, Visitas Orientadas, Travessias Urbanas, Circuitos Ambientais Regionais, Ambiente em Foco, Agentes Ambientais em Ação e Ciclo de Estudos sobre Riscos Socioambientais;
- Atividades educativas promovidas pelos Centros Regionais de Educação Ambiental (Barreiro, Norte e Venda Nova).
Observações: nos itens 2º e 3º será considerada a somatória das atividades realizadas em cada item; em caso de empate, será considerada a ordem de inscrição.


Processo Seletivo para Monitores Voluntários

Poderão se candidatar para as vagas de Monitores Voluntários aqueles que:

- apresentarem certificado de participação do curso BH Itinerante;
- declararem ter disponibilidade para participar na organização e desenvolvimento do curso semanalmente às 2ª feiras, das 14 às 16h, e às 4ª feiras, das 7h30 às
12h30, no período de 01/08 a 23/12/2011; e
- apresentarem currículo.

A seleção dos monitores voluntários se dará por meio de entrevista com os coordenadores do curso e pela análise do currículo.

Inscrições

Período: 13 e 14 de Julho de 2011
Horário: 9 às 17h
Local: Centro de Extensão em Educação Ambiental / Sala Verde - SMMA - Av. Afonso Pena, 4.000 / 6.º andar - Bairro Cruzeiro - Belo Horizonte
As inscrições deverão ser feitas pessoalmente ou por representante portando autorização assinada pelo interessado(a). No ato da inscrição, deverão ser apresentados os certificados das atividades educativas oferecidas pela GEEDA, conforme consta nos tópicos “Processo Seletivo para Cursistas” e “Processo Seletivo para Monitores Voluntários”.
Informações
(31) 3277-5199

Coordenação
Gerência de Educação Ambiental
Coordenadores
Aluísio Cardoso de Oliveira
Fátima Cristina Sampaio

Realização

Prefeitura Municipal de Belo Horizonte
Secretaria Municipal de Meio Ambiente
Gerência de Educação Ambiental

Curso de Capacitação: Aquecedor Solar de Baixo Custo

sexta-feira, 10 de junho de 2011

Convite II Encontro Estadual Coleta Seletiva e Catadores MG

Prezados (as),
 
Segue o convite eletrônico e a programação do II Encontro Estadual "Por uma Minas com Coleta Seletiva e Inclusão Sócio Produtiva dos Catadores".
 
Contamos com apoio de todos na divulgação.
 

Atenciosamente,

Diogo Caiafa Faria
Centro Mineiro de Referência em Resíduos - CMRR
 
 

VII Intercâmbio Socioambiental - Covergência de Ideias e Conhecimentos

Olá colegas, boa tarde!

Segue anexo o convite para mais um encontro entre pessoas interessadas na questão ambiental.
Ter você conosco será uma alegria.
Lembrete amigo:
Levar roupa de frio e uma contribuição para mesa coletiva (salgado, doce, fruta ou suco).
Se depender de transporte teremos o serviço de Van.
Contactar pelo e-mail até 2ª feira, dia 13/06/11.
Um grande abraço

Luciana da Silva Gomes
Graduanda em Ecologia - UNIBH